Início » Mais de 87% dos empresários baianos apostam nas vendas online

Mais de 87% dos empresários baianos apostam nas vendas online

Por marlonfm
Empreendedorismo digital cresce junto com a pandemia e redes sociais ajudam a impulsionar negócios

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade.

O número de microempreendedores individuais (MEIs) teve um aumento de 18,8% na Bahia de 2020 para 2021. Em abril do ano passado, eram 540.934 registros e, em abril deste ano, 642.540. Os dados são do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Segundo especialistas, esse crescimento está diretamente conectado ao mundo digital, que vem facilitando a vida de muitos empreendedores e impulsionando seus negócios. Uma pesquisa feita pelo Sebrae em maio deste ano apontou que 87,55% dos empresários baianos pretendem permanecer ou iniciar a comercialização dos seus produtos através dos meios digitais.

Ainda de acordo com a pesquisa, daqueles que já estão vendendo online, 61,41% afirmam usar a ferramenta WhatsApp Business, enquanto 48,96% usam redes sociais, como o Instagram. Segundo a diretora de operações do aplicativo na América Latina, Adriana Grineberg, o Instagram atua como um grande canal de conexão entre marcas e consumidores, quebrando a barreira física que, especialmente durante a pandemia, tem se mostrado bastante limitante.

A loja Prata Salvador é uma das novas apostas online que surgiram com a pandemia, entre fevereiro e março de 2020. Através do perfil no Instagram e da conta no WhatsApp, as sócias Letícia e Vanessa vendem acessórios de prata para todo o Brasil, se dividindo entre a parte administrativa/financeira e divulgação/vendas. Para elas, a loja física também não foi vista como vantagem.

Compartilhe nas redes sociais

Escreva um comentário

error: Content is protected !!