Início » Em derrota para Bolsonaro, Câmara rejeita e arquiva PEC do voto impresso

Em derrota para Bolsonaro, Câmara rejeita e arquiva PEC do voto impresso

Por marlonfm

Dos 39 deputados que representam a Bahia na Câmara Federal, apenas nove foram favoráveis a PEC do voto impresso. A proposta de alteração nas urnas eletrônicas foi reprovada no plenário na noite desta terça-feira (10).

Dos 218 parlamentares que votaram contra a medida, 21 são da bancada baiana. Outros nove representantes do estado não votaram. Ao todo, a PEC que precisava de 308 votos para ser aprovada, teve apenas 229.

Veja como votaram os deputados federais da Bahia:

A favor:

Alex Santana (PDT)

Cacá Leão (PP)

Claudio Cajado (PP)

Kannário (DEM)

Leur Lomanto Júnior (DEM)

Márcio Marinho (Republicanos)

Tia Eron (Republicanos)

Tito (Avante)

Uldurico Júnior (PROS)

Contra:

Afonso Florence (PT)

Alice Portugal (PCdoB)

Antonio Brito (PSD)

Bacelar (Podemos)

Daniel Almeida (PCdoB)

Félix Mendonça jr (PDT)

João Carlos Bacelar (PL)

Jorge Solla (PT)

José Rocha (PL)

Joseildo Ramos (PT)

Lídice da Mata (PSB)

Marcelo Nilo (PSB)

Mário Negromonte Jr (PP)

Otto Alencar Filho (PSD)

Paulo Magalhães (PSD)

Professora Dayane Pimentel (PSL)

Raimundo Costa (PL)

Sérgio Brito (PSD)

Valmir Assunção (PT)

Waldenor Pereira (PT)

Zé Neto (PT)

Ausentes:

Abilio Santana (PL)

Adolfo Viana (PSDB)

Arthur Maia (DEM)

Charles Fernandes (PSD)

Elmar Nascimento (DEM)

José Nunes (PSD) – ausente

Pastor Sargento Isidório (Avante)

Paulo Azi (DEM)

Ronaldo Carletto (PP)

Compartilhe nas redes sociais

Escreva um comentário

error: Content is protected !!