Início » Prorrogadas inscrições de edital que vai investir R$ 2 milhões em empresas inovadoras

Prorrogadas inscrições de edital que vai investir R$ 2 milhões em empresas inovadoras

Por marlonfm

A prorrogação das inscrições do edital Tecnova 2 foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (29). O programa, que já mudou a história de muitas empresas na Bahia, encerraria as inscrições no dia 5 de outubro, mas agora os empreendedores podem enviar seus projetos até 4 de novembro.

Lançado junto às comemorações dos 20 anos da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb) no início de agosto, a segunda edição do Tecnova investirá cerca de R$ 2 milhões em pequenas empresas baianas que apresentarem projetos inovadores nas áreas de ciência e tecnologia, que agreguem valor aos produtos agropecuários, indústria 4.0 e mineração, gestão de empresas e energia renovável.

O investimento em editais como o Tecnova 2 faz com que empresários obtenham apoio aos projetos em um momento pandêmico, no qual aportes financeiros se tornam imprescindíveis. “Lançamos vários editais que fomentam e incentivam as empresas baianas com projetos inovadores em seus serviços e produtos. O objetivo do Governo do Estado é levar oportunidades à população baiana em todas as áreas. Também lançamos editais como o Governo Inteligente e o Inventiva, que fomentam o ambiente empreendedor na Bahia”, destaca a secretária estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro.

Na primeira edição do Programa Tecnova, 18 empresas foram beneficiadas. O apoio foi fundamental para impulsionar o negócio de D’artangnam Gomes, da Wellan Water Treatment (WWT), empresa que atua nas áreas de representação, comércio e prestação de serviços no mercado de águas. “Os recursos permitiram solucionar demandas imediatas de um nicho de mercado em expansão. Além disso, a empresa pôde aprimorar, internamente, a gerência de inovações, usando ferramentas e métricas de avaliação. O edital Tecnova trouxe mais do que investimento. Ele permitiu o exercício de uma cultura da inovação e gestão de projetos”, enfatiza o empresário.

Para o diretor-geral da Fapesb, Márcio Costa, o compromisso da Fapesb com pesquisa e fomento é premiado ao colher os resultados desses investimentos em forma de benefícios para a sociedade. “Investir em empresas baianas inovadoras é trazer uma possibilidade de melhoria da produtividade delas, além de fazer com que seus produtos e portifólio sejam aperfeiçoados. Entendemos que todo o investimento que fazemos é também uma via de mão dupla que traz benefícios para empresários, estado e sociedade baiana”, destaca.

O edital, que está disponível no site da Fapesb, é executado pela própria fundação, com apoio das secretarias de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e de Desenvolvimento Econômico (SDE), além de contar com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), por meio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Compartilhe nas redes sociais

Escreva um comentário

error: Content is protected !!