A partir desta segunda-feira (1º), a Prefeitura de Porto Seguro deixa de exigir o uso de máscaras de combate ao coronavírus em ambientes abertos, ruas e locais públicos do município. Entretanto, permanece a obrigatoriedade do uso em ambientes fechados, comércio em geral, locais de trabalho, casa de shows, eventos e festas. A medida consta em decreto (nº 13.160/21) assinado pelo prefeito Jânio Natal nesta segunda-feira.

A flexibilização do uso de máscaras acontece poucos dias depois de ser anunciado o novo secretário municipal de Saúde, Miguel Ballejo, e às portas do início da temporada de verão. Ao justificar a medida, a prefeitura cita o alto índice de vacinação já alcançado em todo o município e a redução das internações e de novos casos graves da doença.

As medidas previstas no decreto poderão ser revistas a qualquer tempo, mesmo antes dos prazos aqui estipulados, renovadas ou ampliadas a critério da gestão municipal.

VACINAÇÃO – Conforme boletim divulgado pela Secretaria de Saúde no último domingo (31), 101.250 pessoas já receberam a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 em Porto Seguro e 59.126 já estão com a imunização completa (1ª e 2ª doses).

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO – Desde o início da pandemia, em março de 2020, Porto Seguro registrou 27.646 casos de covid-19, sendo 12.316 confirmados e 15.330 suspeitos. Desse total, 27.102 pessoas se recuperaram e outras 237 morreram. Boletim divulgado no domingo aponta 35 novos casos no dia, com 8 pessoas internadas e 32 recuperadas, além de 299 casos em isolamento domiciliar.