Início » Erro na fixação da mangueira de oxigênio pode ter matado paciente no Hospital Covid

Erro na fixação da mangueira de oxigênio pode ter matado paciente no Hospital Covid

Por marlonfm

A Polícia Civil está investigando a causa da morte de José Rodrigues Soares, de 72 anos, que estava internado no Hospital de Covid-19 de Eunápolis. O paciente foi encontrado morto na noite de terça-feira (16).

Conforme informações preliminares, a mangueira do oxigênio, que deveria estar fixada na máscara, estava no cateter de acesso à corrente sanguínea do paciente.

Na manhã desta quinta-feira (17) a direção do hospital notificou o caso à Polícia Civil, que expediu as guias de perícia e necropsia, e apura se a ação que resultou na morte de José foi culposa ou dolosa.

Funcionários da unidade de saúde estão sendo ouvidos pela polícia. Os laudos, cujos resultados devem sair em dez dias, irão auxiliar no esclarecimento da causa da morte.

A Fundação Gonçalves e Sampaio, que administra o hospital, informou ao RADAR 64 que já abriu uma sindicância para apurar a denúncia.

Compartilhe nas redes sociais

Escreva um comentário

error: Content is protected !!