Início » Homem preso por matar ex-esposa em Ipirá disse à polícia que não se lembrava do crime

Homem preso por matar ex-esposa em Ipirá disse à polícia que não se lembrava do crime

Por marlonfm

Em depoimento à polícia, Luís Cláudio Judeu, preso em flagrante por matar a ex-esposa, na cidade de Ipirá, disse que estava desorientado e que não se lembrava do crime. As informações são da TV Bahia.

O crime aconteceu na segunda-feira (17) e foi testemunhado por algumas pessoas, incluindo as duas filhas gêmeas do ex-casal.

Alessandra Souza Rios, de 40 anos, estava chegando em casa com as duas filhas do ex-casal quando foi surpreendida pelo ex-marido. O homem já era suspeito de ter ateado fogo a um salão de beleza de Alessandra, que tinha medida protetiva contra ele.

Segundo a Polícia Civil, Luís Cláudio foi apresentado na Delegacia Territorial (DT) de Ipirá, por uma guarnição da Polícia Militar, e autuado em flagrante por feminicídio. A prisão preventiva já foi solicitada e aguarda deferimento judicial.

Crime flagrado por câmeras

Um vídeo registrou o momento em que Luís Cláudio Judeu fura os pneus de um carro em frente à casa da ex-mulher e se esconde para aguardar a chegada dela. Quando a empresária Alessandra Souza Rios, 40 anos, chega em outro carro e desce, ele a mata a tiros. O crime aconteceu na segunda-feira (17) e foi testemunhado por algumas pessoas, incluindo as duas filhas gêmeas do ex-casal.

 

Compartilhe nas redes sociais

Escreva um comentário

error: Content is protected !!