Início » TJ-BA rejeita pedido de habeas corpus para condutor que matou dentista Ranitla

TJ-BA rejeita pedido de habeas corpus para condutor que matou dentista Ranitla

Por marlonfm

O desembargador Antonio Cunha Cavalcanti, do Tribunal de Justiça da Bahia, indeferiu, nesta terça-feira (28), o pedido de habeas corpus impetrado pelo empresário Tharciso Romeiro Santiago Aguiar, condutor do carro que atropelou e matou a dentista eunapolitana Ranitla Scaramussa Bonella no dia 11 de junho, em Ilhéus.

O acusado teve a prisão preventiva decretada na última quarta-feira (22) pela 1ª Vara do Júri, Execuções Penais e Medidas Alternativas de Ilhéus, e desde então é considerado foragido.

O pai de Ranitla, Roberto Bonella, pediu que a população ajude fornecendo informações que levem à prisão de Tharciso. “Acreditamos na condução dos órgãos competentes e que, em breve, o autor do crime será preso para responder legalmente pelo crime praticado”, disse Roberto Bonella.

O acusado é pessoa pública e conhecida nas cidades de Ilhéus e Itabuna, onde desenvolve suas atividades empresariais, conforme a própria defesa dele afirma no pedido de habeas corpus.

O ACIDENTE – Ranitla, de 23 anos, foi atingida pelo carro dirigido por Tharciso quando atravessava a BA-001 em uma faixa de pedestres. O condutor do Mercedes-Benz deixou o local logo após o atropelamento e não socorreu a vítima.

OUTRO LADO – Em entrevista ao RADAR 64, no dia seguinte ao acidente que matou Ranitla Scaramussa Bonella, o empresário Tharciso Romeiro Santiago Aguiar afirmou que não estava em alta velocidade, como relataram testemunhas. Ele declarou ainda que, antes de deixar o local do acidente, ligou para o Samu pedindo socorro.

Compartilhe nas redes sociais

Escreva um comentário

error: Content is protected !!