Início » ACM Neto venceria no 1ª turno e Jerônimo tem maior rejeição, aponta pesquisa Real Time Big Data

ACM Neto venceria no 1ª turno e Jerônimo tem maior rejeição, aponta pesquisa Real Time Big Data

Por marlonfm

O ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil) lidera todos os cenários da disputa para governador da Bahia em 2022, conforme pesquisa Real Time Big Data divulgada pela Record TV, nesta terça-feira (17/05).

Na pesquisa estimulada, quando é apresentada uma lista de candidatos ao eleitor, ACM Neto venceria no primeiro turno. Ele tem 55% das intenções de voto, enquanto Jerônimo Rodrigues (PT) tem 18%, o deputado federal João Roma (Republicanos) tem 10%; e Kleber Rosa (Psol), 1%. Brancos e nulos totalizam 9%, e 7% não souberam ou não responderam.

No levantamento espontâneo, em que não é apresentada uma lista de candidatos, ACM Neto tem 20% das intenções de voto. Em segundo lugar, aparecem tecnicamente empatados Jerônimo Rodrigues, com 6%, e o ex-ministro da Cidadania João Roma, com 5%. Kleber Rosa tem 0%. Brancos e nulos totalizam 4%. O percentual de entrevistados que não sabe ou não respondeu é de 64%.

REJEIÇÃO PARA GOVERNADOR

No levantamento que perguntou qual candidato o eleitor rejeita para o cargo de governador da Bahia, três candidatos aparecem tecnicamente empatados: Jerônimo Rodrigues, com 29%, seguido por João Roma, com 28%, e por Kleber Rosa, que tem 26% de rejeição. ACM Neto é o candidato listado com menor rejeição: 17%. Dos entrevistados, 39% não souberam ou não responderam.

SENADO

Para o Senado, o Real Time Big Data também apresentou dois cenários: um espontâneo, sem a lista de candidatos, e um estimulado, com a relação de concorrentes. No cenário estimulado para senador, o atual ocupante da vaga, Otto Alencar (PSD), aparece na liderança, com 30% das intenções de voto. A médica Raíssa Soares (PL) está em segundo, com 10%. Cacá Leão (PP) vem em quatro, com 6%, empatado tecnicamente com Tâmara Azevedo (Psol), com 4%. Brancos e nulos são 22%. Cerca de 28% dos entrevistados não soube ou não respondeu.

Na pesquisa espontânea, o senador Otto Alencar aparece com 7%. Estão empatados em segundo lugar a médica Raíssa Soares, que tem 3%, o deputado federal Cacá Leão, que tem 2%, e o ex-governador Jaques Wagner (PT), com 1%. Brancos e nulos somam 5%. Um total de 82% dos entrevistados não soube ou não respondeu.
Sobre a pesquisa

A pesquisa foi realizada por telefone com 1.500 entrevistados entre os dias 14 e 16 de maio. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95% — o que significa que, se levada em consideração a margem de erro, a probabilidade de o resultado do levantamento retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BA-06101/2022.

Compartilhe nas redes sociais

Escreva um comentário

error: Content is protected !!